NO AR

Acorda Povo, Trem do Forro

Com Pedro Guedes

Brasil

'Eu só pensava em Deus. Estava até a testa sufocado pela lama', desabafa sobrevivente de deslizamento de barreira no Recife

Um dos sobreviventes do deslizamento de barreira, que matou dezenas de pessoas em Jardim Monte Verde, contou momentos antes da tragédia

Publicada em 30/05/2022 às 11:03h - 17 visualizações

por Suzyanne Freitas/tv jornal


Compartilhe
 

Link da Notícia:

Comunidade foi o ponto com mais mortes em Pernambuco após fortes chuvas caírem no sábado (28)  (Foto: Reprodução/TV Jornal)

relato do auxiliar de pedreiro Thiago Estêvão, um dos sobreviventes do deslizamento de barreira que matou dezenas de pessoas em Jardim Monte Verde, no limite entre o Recife e Jaboatão, é comovente.

Em entrevista ao G1, o homem contou momentos antes de acontecer a tragédia. Ele afirmou que foi à casa dos avós no momento em que ouviu parte da barreira deslizando.

A intenção de Thiago era tirar os parentes da casa para salvar a vida deles. "Eu moro mais em cima, só que ontem aconteceu a tragédia, aí eu fui na casa dos meus avós. Fui chamar eles, tentar salvar eles. Todo mundo morreu e eu fiquei"

deslizamento ocorreu no último sábado (28). O auxiliar perdeu a mãe, os avós e primos. Na manhã desse domingo (29) ainda havia uma pessoa da família dele soterrada em meio aos escombros. 

'SÓ PENSAVA EM DEUS'

Durante a entrevista, Thiago revelou que no momento em que foi atingido pela barreira só pensava em Deus. “Eu só pensava em Deus, eu estava até a testa sufocado pela lama. Fui tentar salvar meus avós, minha mãe foi junto”, relatou.

BARREIRA CEDEU EM TRÊS MOMENTOS

Segundo os moradores, a barreira cedeu em três momentos diferentes. O terceiro foi o pior, que atingiu a família de Thiago.

“Quando cheguei na casa dos meus avós, só escutei um estalo. Quando vi, a barreira engoliu tudo. Eu pensei que ia morrer, porque não conseguia respirar, porque a areia estava pressionando tudo”, afirmou o jovem.

AJUDA

Foi o pedreiro Washington Xavier que encontrou o amigo em meio à lama. Ele disse que, quando viu a barreira caída, entrou na casa da família de Thiago por intuição. Ele ajudou a tirar várias pessoas de dentro dos escombros.

“Quando vi, eu estava andando sobre as telhas da casa. Ele estava enterrado embaixo de uma coluna. Só vi a cabeça dele, ai puxei logo. Ele estava todo roxo, cheio de barro na boca. Eu tirei o barro e dei uns dois tapa na cara dele, foi aí que ele reagiu. Depois, vi a mãe dele, que ainda estava viva, mas não resistiu”, afirmou.

SETE CASAS ATINGIDAS

Ao todo, 7 casas foram atingidas num dos pontos de deslizamento do Jardim Monte Verde. 6 delas eram de parentes de Thiago.

“Perdi minha mãe, três primos meus que têm entre 7 e 8 anos, meu primo mais velho, de 25, além da minha prima, que é mãe das crianças. Meus avós também morreram e minha prima está soterrada. Ainda consegui tirar meu tio e minha tia, que quebrou a perna”, contou.

PONTO DE MAIS MORTES

Comunidade de Jardim Monte Verde foi o ponto com mais mortes em Pernambuco após fortes chuvas caírem no último sábado (28).




ATENÇÃO:Os comentários postados abaixo representam a opinião do leitor e não necessariamente do nosso site. Toda responsabilidade das mensagens é do autor da postagem.

Deixe seu comentário!

Nome
Email
Comentário


Insira os caracteres no campo abaixo:








.

LIGUE E PARTICIPE

081 3522-1356

Visitas: 59007
Usuários Online: 3
Copyright (c) 2022 - Rádio Ponte FM 98.5 - Radio Ponte FM 98.5 Fone: 81-3522-1356 Endereço: Rua João Paes Barreto 42a Alto do Sol, Ponte dos Carvalhos, Cabo de Santo Agostinho-PE