NO AR

Rádio Ponte FM 98.5

pontefm98.com

Brasil

Ministério da Saúde alerta para atrasos na 2ª dose e no reforço contra a Covid-19

De acordo com o ministério, mais de 22 milhões de pessoas receberam apenas a primeira dose e estão com o ciclo vacinal incompleto

Publicada em 20/06/2022 às 11:11h - 20 visualizações

por Lucas Rocha


Compartilhe
 

Link da Notícia:

Prefeitura de Ouro Preto  (Foto: Ane Souz)

O Ministério da Saúde divulgou, nesta segunda-feira (20), o balanço da vacinação contra a Covid-19 no país e alertou para atrasos na segunda dose e no primeiro reforço contra a doença.

De acordo com o ministério, mais de 22 milhões de pessoas receberam apenas a primeira dose e estão com o ciclo vacinal incompleto. A faixa etária de 18 a 29 anos apresenta o maior percentual de pessoas em atraso, com 5,5 milhões de pessoas.

Em relação à primeira dose de reforço, mais de 62 milhões de brasileiros aptos a receber a vacina não retornaram aos postos de saúde. A maior lacuna também está na população entre 18 e 29 anos, com mais de 16 milhões de indivíduos que não receberam o reforço.

Ampliação da dose de reforço

O Ministério da Saúde ampliou a recomendação para a segunda dose de reforço para pessoas com 40 anos de idade ou mais, que iniciaram o esquema vacinal com a Coronavac, Pfizer ou AstraZeneca.

A orientação do Ministério da Saúde é que a imunização seja feita com as vacinas da Pfizer, AstraZeneca ou Janssen, após o intervalo de quatro meses da aplicação do primeiro reforço. Com a inclusão dessa faixa etária, aproximadamente 9 milhões de pessoas deverão se vacinar novamente.

Quem iniciou o esquema vacinal com a dose única da Janssen também deverá complementar a proteção. De acordo com o ministério, quem tem 18 anos ou mais deverá receber um segundo reforço quatro meses após o primeiro reforço.

O Ministério da Saúde também divulgou dados sobre a segunda dose de reforço nesta segunda-feira. Considerando apenas a população acima de 50 anos, liberada para receber a vacina até então, 27 milhões de pessoas ainda não receberam nova dose. O maior percentual de atrasados está entre as pessoas de 50 a 59 anos, com 10 milhões em atraso.




ATENÇÃO:Os comentários postados abaixo representam a opinião do leitor e não necessariamente do nosso site. Toda responsabilidade das mensagens é do autor da postagem.

Deixe seu comentário!

Nome
Email
Comentário


Insira os caracteres no campo abaixo:








.

LIGUE E PARTICIPE

081 3522-1356

Visitas: 60275
Usuários Online: 8
Copyright (c) 2022 - Rádio Ponte FM 98.5 - Radio Ponte FM 98.5 Fone: 81-3522-1356 Endereço: Rua João Paes Barreto 42a Alto do Sol, Ponte dos Carvalhos, Cabo de Santo Agostinho-PE