NO AR

Rádio Ponte FM 98.5

pontefm98.com

Brasil

Média diária de assassinatos em Pernambuco é a maior dos últimos dois anos

Estudo do governo estadual aponta que quase 10 pessoas foram mortas todos os dias em 2023

Publicada em 16/11/2023 às 11:21h - 41 visualizações

por Raphael Guerra


Compartilhe
 

Link da Notícia:

De janeiro a outubro de 2023, a polícia registrou aumento de 5,45% nas mortes violentas em Pernambuco - BRUNO CAMPOS/JC IMAGEM  (Foto: )

A média diária de assassinatos em Pernambuco, em 2023, é a maior dos últimos dois anos. Estudo divulgado pela Secretaria Estadual de Planejamento, Gestão e Desenvolvimento Regional, na última semana, aponta que quase dez pessoas foram mortas todos os dias. 

Em 2021, a média diária foi de 9,24 mortes violentas em Pernambuco. No ano seguinte, o número subiu para 9,39. Agora, está em 9,96 (levando-se em consideração os meses de janeiro a setembro).

Em 68% dos crimes registrados em 2023, as vítimas tinham envolvimento com alguma atividade criminal. 

A quantidade de assassinatos é mais um alerta para a necessidade de ações efetivas de combate à violência no Estado.

Apesar de a política do Juntos pela Segurança, em substituição ao Pacto pela Vida, ter sido lançada no final de julho, ainda não foram divulgadas novas medidas para barrar o avanço da criminalidade - o que tem resultado em números alarmantes. 

De janeiro a outubro, 2.994 mortes violentas foram contabilizadas em Pernambuco. No mesmo período de 2022, foram 2.839. O aumento, até agora, é de 5,45%.

No Pacto pela Vida, a promessa era de redução anual de 12% nos homicídios. No Juntos pela Segurança, porém, o governo estadual ainda não divulgou qual meta será adotada. 

UMA EM CADA TRÊS MORTES ACONTECE NO FIM DE SEMANA

O levantamento do governo estadual traçou ainda a quantidade de mortes violentas por dia da semana. E mostrou que um em cada três crimes contra a vida ocorreram no sábado ou domingo, quando há menos gente e menos policiamento nas ruas.

Das 2.719 mortes no Estado, entre janeiro e setembro deste ano, 894 ocorreram nos fins de semana. Além disso, 40,2% desses assassinatos foram no horário da noite (18h à 0h) - daí a importância de melhorar a iluminação pública nas ruas para tentar evitar alguns desses crimes

METADE DAS PESSOAS MORTAS ERA JOVEM

Outro ponto que merece atenção é para a quantidade de pessoas jovens mortas em Pernambuco. Apesar de não ser novidade, é mais um reforço para a necessidade de políticas públicas para tirar os adolescentes e jovens da situação de vulnerabilidade, principalmente nas áreas periféricas.

Das 2.1719 pessoas mortas no Estado, 1.349 tinham entre 18 e 30 anos. Esse número representa metade de todas as vítimas. 

O governo conta com a Secretaria Estadual de Desenvolvimento Social, Criança, Juventude e Prevenção à Violência e às Drogas. Após quase 11 meses, porém, a pasta não anunciou uma ação para esse público. 

81% DOS CRIMES FORAM COMETIDOS COM ARMAS DE FOGO

O estudo também demonstra o perigo da circulação das armas de fogo. Em 81% dos crimes contra a vida registrados em Pernambuco, entre janeiro e setembro deste ano, os assassinos fizeram uso de armas de fogo.

As armas brancas (facas ou facões, por exemplo) foram usadas em 12% das mortes violentas. E 7% das vítimas foram assassinadas com outros objetos. 

Em junho deste ano, a Secretaria de Defesa Social (SDS) criou um grupo de trabalho para definir estratégias de controle das armas que circulam no Estado (nas mãos de civis), com metas a médio e curto prazo.




ATENÇÃO:Os comentários postados abaixo representam a opinião do leitor e não necessariamente do nosso site. Toda responsabilidade das mensagens é do autor da postagem.

Deixe seu comentário!

Nome
Email
Comentário


Insira os caracteres no campo abaixo:








.

LIGUE E PARTICIPE

081 3522-1356

Visitas: 120097
Usuários Online: 1
Copyright (c) 2024 - Rádio Ponte FM 98.5 - Radio Ponte FM 98.5 Fone: 81-3522-1356 Endereço: Rua João Paes Barreto 42a Alto do Sol, Ponte dos Carvalhos, Cabo de Santo Agostinho-PE